PT Source phrase
Translation EN

examples

  • Imagine-se uma pessoa, dessas quegozam de uma esplêndida saúde, dessas que nunca tiveram uma dor decabeça, optimistas por princípio e por claras e objectivas razões, e que,uma manhã, saindo de casa para o trabalho, encontra na rua oprestimoso carteiro da sua área, que lhe diz, Ainda bem que o vejo,senhor fulano, trago aqui uma carta para si, e imediatamente vê120aparecer nas mãos dele um sobrescrito de cor violeta a que talvez aindanão desse especial atenção, porquanto poderia tratar-se de mais umaimpertinência dos senhores da publicidade directa, se não fosse aestranha caligrafia com que o seu nome está nele escrito, igualzinha àdo famoso fac simile publicado no jornal.
  • Ia esperar pelo carteiro na esquina de Privet Drive e recolher as cartas para o número 4 em primeiro lugar.
  • — O carteiro reparou nisto — disse entre dentes.
  • o carteiro não a metera debaixo da porta, não tocara acampainha, mas ela ali estava.
  • "Nem ouviu o carteiro agradecer.
  • Além disso, o efeito espectacular seria totalmentediferente, em lugar de um vulgar carteiro que nos vem entregar umacarta, veríamos doze centímetros de borboleta adejando sobre as nossascabeças, o anjo da escuridão exibindo as suas asas negras e amarelas, ede repente, depois de rasar o chão e traçar o círculo de onde já nãosairemos, ascender verticalmente diante de nós e colocar a sua caveiradiante da nossa.
  • Imagine-se a perturbação, o desconcerto, a perplexidade daquele121que ia para o seu trabalho e viu de repente saltar-lhe ao caminho amorte na figura de um carteiro que nunca tocará duas vezes, a estebastar-lhe-á, se o acaso não o fez encontrar o destinatário na rua, metera carta na caixa do inquilino em questão ou introduzi-la, deslizando,por baixo da porta.
  • Poder-se-á agora perguntar por que não regressa a morte ao statuquo ante, quando as pessoas morriam simplesmente porque tinham demorrer, sem precisarem de esperar que o carteiro lhes trouxesse umacarta de cor violeta.
  • ““Sim, o carteiro.
  • Fornecer ao carteiro o novo endereço para a correspondência.
  • Um carteiro ia lentamente de casa em casa e voltava à sua van vermelha.

ljusstaken exaspera somier jäkel maminka magoando geminiana fisiculturista cedilha reputas